Andebol | Resultados Finais

RESULTADOS DO FIM DE SEMANA

SENIORES MASCULINOS
SANJOANENSE MARIO RUI LDA 20 – 25 AC FAFE

JUNIORES MASCULINOS
OLEIROS 28 – 25 SANJOANENSE

INICIADOS MASCULINOS
SANJOANENSE 16 – 19 SP ESPINHO

INICIADOS FEMININOS
AD CANELAS 8 – 55 SANJOANENSE

Basquetebol | Resultados Finais

Basquetebol | Resultados Finais
Séniores Masculinos (Jogo de apresentação)

Sanjoanense 90 – Dragon Force “B” 76

Sub16 A Masculinos:

Sanjoanense 57 – GD Gafanha 63

Sub16 Femininas:

GICA, 47 – Sanjoanense/Surya Café 61

Sub16 B Masculinos:

Sanjoanense 39 – Illiabum Clube 66

Sub14 A Masculinos:

CP Esgueira 49 – Sanjoanense 77

Sub14 Femininas:

Clube Galitos 48 – AD Sanjoanense 61
Sanjoanense 112 – ACR Vale Cambra 0

Sub14 B Masculinos:

Sanjoanense 23 – UD Oliveirense 66

Sanjoanense 52 – Illiabum Clube 46

Sub18 Masculinos | GRIB, 29 – Sanjoanense 69

Faltou “um bocadinho assim”…

Ainda não foi desta que a Sanjoanense conseguiu os primeiros pontos no regresso à I Divisão, tendo sido derrotada por 3-2 pelo Óquei de Barcelos. Ainda assim, os alvi-negros voltaram a deixar uma imagem de competência que se espera que se traduza em vitórias já na próxima jornada.

No Pavilhão Municipal de Barcelos, e perante os seus adeptos, entraram melhor os visitados com um golo madrugador, aos dois minutos, por intermédio de Zé Pedro. Aos dezasseis minutos, Joca Guimarães, de grande penalidade, ampliou para 2-0, resultado que se manteve até ao intervalo.

A primeira parte serviu para ambos os guardiões brilharem com excelentes intervenções, de um lado o experiente Ricardo Silva e do outro o jovem David Nogueira, que substituiu Marco Lopes.

Na etapa complementar, a Sanjoanense entrou determinada a tentar mudar o rumo dos acontecimentos com Chico Barreira, ao terceiro minuto, a desperdiçar uma grande penalidade, com muito mérito para Ricardo Silva pela defesa executada.

Praticamente no momento seguinte, Chico Barreira vê cartão azul numa jogada em que os jogadores escorregam e se embrulham no piso, com a dupla de arbitragem a entender que Chico provocou o contacto. No respectivo livre-directo, Hugo Costa sticou para defesa de David Nogueira. Contudo, a jogar em powerplay, o Oc.Barcelos fez o 3-0.

A Sanjoanense não desistiu e voltou a ter uma bola parada para marcar, mas Afonso Santos não conseguiu bater Ricardo Silva. A insistência alvi-negra foi premiada, aos dez minutos, num grande golo de Filipe Leal, a relançar o encontro. O mesmo Filipe Leal, cinco minutos volvidos, poderia ter bisado mas desperdiçou um livre-directo, atirando ao lado.

Vítor Pereira arriscou, mesmo tendo algumas cautelas, e Chico Barreira colocou o marcador na margem mínima, aos dezanove minutos, num bom pormenor técnico. Até ao final a Sanjoanense tentou, pelo menos, o empate, mas não conseguiu ficando a sensação que poderia ter saído de Barcelos com algo mais.

No próximo Sábado, os alvi-negros regressam, finalmente, a casa, recebendo o Paço D’Arcos esperando somar os primeiros pontos numa partida em que o apoio dos adeptos será fundamental.

Segunda derrota esta noite em Barcelos, mas a Sanjoanense esteve quase a cosnseguir algo mais. O que é que faltou para se conseguir esse “algo mais”?

Vítor Pereira: Faltou pelo menos um golo para o empate, acho que fizemos uma boa partida mas não entramos bem, da forma como nos dispusemos inicialmente penso que o Barcelos já estava preparado para isso. Sofremos um primeiro golo muito cedo, num remate de meia distância que nos deixou algo perturbados, o segundo golo apareceu de grande penalidade o que nos obrigou a mudar a nossa disposição táctica.

Na segunda parte ajustamos, equilibramos e entramos na discussão pelo resultado mas faltou-nos alguma eficácia, especialmente nas bolas paradas. Ambos os guardiões fizeram uma grande exibição, o Ricardo Silva com a sua experiência e o David com a sua juventude, acabamos o encontro a jogar em cima do Barcelos, se tivéssemos conseguido um ponto tinha sido importante mas ainda assim estou satisfeito, mais uma vez, com a atitude e determinação da nossa equipa.

Para além desta semana ter sido a última em que a equipa andou “com a casa às costas”, neste jogo não pôde contar com Pedro Cerqueira lesionado e Tiago Ferraz jogou, mas muito condicionado…

V.P.: Precisamente por andarmos com a “casa às costas” é que aconteceram essas situações mas o grupo de trabalho deu uma boa resposta, mostrou que temos equipa, que temos condições para nos mantermos e conquistarmos pontos, é preciso ver que perdemos pontos contra equipas da primeira metade da tabela, mas discutimos o resultado até ao fim, pena que não conseguimos levar, pelo menos, um ponto.

Finalmente a Sanjoanense regressa a casa, na próxima semana, com um piso renovado e uns adeptos ávidos por apoiar a equipa. Haverá uma pressão acrescida para conquistar os primeiros pontos ou, por outro lado, acredita que a equipa entrará com a motivação no auge?

V.P.: Nós temos sempre pressão, a nossa pressão é entrar para ganhar. Em nossa casa temos que fazer tudo para ganhar, ainda bem que temos um piso novo, espero que esta próxima semana sirva para nos adaptarmos à pista e que consigamos resolver estes problemas com lesões.

Sinto uma falta enorme de estar a preparar os jogos no nosso balneário, como eu gosto mas não tem sido possível, vamos esperar que isso traga alguns frutos pois considero que temos perdido os jogos por detalhes. Hoje de forma diferente do que em Turquel, mas foi no detalhe basta olhar para a forma como sofremos golos, um de pénalti, um de powerplay, duas situações que não deveriam ter acontecido e um golo de “bola corrida” em que sabíamos que eles eram fortes nessa situação.

Agora sim, voltamos a casa e queremos muito ganhar, junto dos nossos adeptos, que hoje estiveram aqui em Barcelos em bom número, o meu muito obrigado a eles e que sejam muitos mais no próximo Sábado pois só com o apoio deles é que vamos conseguir vencer o Paço D’Arcos.

Estamos preparados para vencermos, a pressão existe sempre pois sabemos que estamos a defender uma cidade e um clube, mas queremos vencer pelos nossos adeptos que são fantásticos.

 

Futebol |Sanjoanense 2 – Gafanha 1

Futebol | Resultado Final

Seniores | Sanjoanense 2 – Gafanha 1

ADS: Diogo, Tavares, João Pinto (Stefan), Edgar, Tiago (Pardal), Muxa, Letz, Ruizinho (Gian), Alex, Catarino e Mário.

Golos ADS: Catarino e Stefan

Futebol | Resultados Finais

Futebol | Resultados Finais

Seniores | ADS 2 – Gafanha 1

Juniores | ADS 0 – Padroense 0

Juvenis A | Águeda 0 – ADS 7
Juvenis B | S. Roque 0 – ADS 6

Iniciados A | Ac. Viseu 0 – ADS 4
Iniciados B | ADS 0 – Lourosa 2
Iniciados C | ADS 5 – Salesiano 1

Benjamins A | Válega 0 – ADS 12
Benjamins A | ADS 0 – Cesarense 5
Benjamins B | ADS 1 – Severfintas 1
Benjamins B Ovarense 0 – ADS 5

Traquinas A | ADS 4 – Cucujães 2
Traquinas A | Macieira Cambra 2 – ADS 3

Sub-17 em Trânsito para Barcelona

Os Juvenis de Hóquei em Patins da Sanjoanense estão a poucos dias de realizar mais um feito histórico para o clube: participar no Campeonato Europeu de Sub-17 que contará com os campeões de vários países.

Depois do 4ºLugar alcançado na última temporada, os comandados de Franklin Silva juntam-se a HC Braga e a Sporting para defenderem as cores nacionais e ficaram posicionados no Grupo A juntamente com o Manlleu de Espanha, Uttigen da Suiça e Seynod de França.

Os jogos terão lugar de 16 a 19 de Outubro numa experiência que promete ser inesquecível para os jogadores que vão defender as cores alvi-negras.