Golo do meio campo deu brilho à vitória da Sanjoanense

Estádio CD Trofense – Trofa

CD Trofense 1 X AD Sanjoanense 2

Árbitro: Miguel Ribeiro – AF Porto

TROFENSE: Lucas; André Rosa (Vasco Paciência, 61’), Welisson, Saldanha e Tiago André; Ousmane (Nuno Valente, 78’), Berna e Xavi (Semeu, 46); Carlos Daniel (Wilson, 78’), Eric Ayiah e Simãozinho (Diogo Viana, 61’)

Treinador: Nuno Manta Santos


SANJOANENSE: Diogo Santos; Dani Marques (Gabi, 73’) Luiz Netto, Fontes e Fernandes; e Jota (C), Maga (Sena, 59’), Rui Moreira, Avelino (Florim, 59’), Hélder (David, 73’); e Marcelo Santos.

Treinador: Henrique Nunes

Golos: 0-1 por Marcelo (61’), 0-2 Rui Moreira (80) 1-2 por Nuno Valente (88’, g.p.)

A Sanjoanense foi ao terreno do Trofense vencer por 2-1, com a manutenção na Liga 3 já assegurada, e sem a pressão dos pontos os alvinegros foram superiores ao longo da partida. O treinador Henrique Nunes aproveitou para fazer muitas alterações na equipa, dando a titularidade aos atletas menos utilizados durante a temporada. A Sanjoanense entrou bem no jogo, tendo Marcelo desperdiçado a primeira ocasião de golo quando estava em posição privilegiada, aos 7 minutos. Aos 30 minutos, Avelino, à entrada da pequena área rematou ao poste. Do lado do Trofense, Eric Ayiah, o homem mais perigoso, ameaçou por duas vezes a baliza de Diogo Santos.

Ao intervalo registava-se um nulo, apesar das duas equipas procuraram o golo, não conseguiram finalizar as oportunidades criadas.

A segunda parte começou com, Eric Ayiah, novamente na cara do guarda-redes, podia ter inaugurado o marcador mas Diogo Santos evitou com uma enorme defesa. Aos 61 minutos, surgiu o momento da tarde. Marcelo Santos, avançado da Sanjoanense, num momento de verdadeira inspiração rematou atrás da linha do meio-campo, fazendo um chapéu ao guarda redes, aquele que será um dos golos do ano da Liga 3.

A dez minutos do final, Rui Moreira aumentou a vantagem,0-2, após uma incursão pelo corredor direito com um cruzamento a sair direto para a baliza, a bola acabou por ultrapassar por completo da linha de golo. O Trofense ainda reduziu por Nuno Valente de grande penalidade, aos 88 minutos.

Termina a época 2023-24 para a Sanjoanense, com a permanência na Liga 3 assegurada, numa temporada que iniciou tarde mas com um grupo de jogadores unidos, com grande espirito de sacrifício, conseguiram manter a Sanjoanense no terceiro patamar do futebol Nacional. Parabéns a todos jogadores, treinadores, à estrutura diretiva e staff.

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense1044218
Canelas1014513
Vianense1023510
Fafe1070326
Trofense1044220
Anadia1033415