Filipe Gonçalves: “Faremos tudo para orgulhar os adeptos”

Aos 39 anos, o treinador, natural de Espinho, foi oficializado como novo timoneiro da equipa sénior de futebol da AD Sanjoanense, que volta a disputar a Liga 3 em 2024/2025.

Filipe Gonçalves é o escolhido para liderar o projeto de futebol sénior da AD Sanjoanense. O agora treinador pisou, como futebolista, os maiores palcos nacionais, antes de “pendurar as botas” no final da época 2021/2022 e passar para o lado de fora das quatro linhas.

Consigo traz a bagagem de quase duas décadas passadas com as chuteiras calçadas, que lhe permitiram acumular conhecimento sobre o jogo e lançar as bases para um percurso como técnico que lhe valeu já a conquista de um Campeonato Nacional de Sub-19.

Agora, prepara a estreia na Liga 3 e não esconde a satisfação por poder fazê-lo ao leme da AD Sanjoanense. “Foi, para mim e para a minha equipa técnica, um orgulho tremendo saber desta oportunidade na AD Sanjoanense, um clube histórico, com 100 anos e que nos últimos anos tem lançado muitos jogadores e treinadores. É um clube com adeptos fervorosos e encaramos esta oportunidade com um orgulho muito grande, sabendo também que é um grande desafio”, sublinha.

Equipa técnica liderada por Filipe Gonçalves

Motivado por “um projeto muito ambicioso”, Filipe Gonçalves garante que a sua equipa técnica tudo fará para “poder corresponder”.
“Sabemos que não será fácil, mas acho que estaremos à altura de poder ajudar e vamos tentar fazer tudo o que estiver ao nosso alcance”, antecipa, assumindo que o objetivo passa por “transmitir uma boa imagem do que podemos fazer e, acima de tudo, dignificar o símbolo da AD Sanjoanense, tentando fazer o melhor trabalho possível”.

Ciente de que liderará “uma equipa jovem, mas ambiciosa”, o treinador não foge daquela que é a sua ideia de jogo. “A nossa equipa vai querer jogar muito bom futebol e trazer os adeptos ao estádio. Vamos ser muito mais fortes se estivermos todos juntos e o que vamos tentar sempre é jogar um bom futebol, positivo e que apaixone as pessoas, que as faça ir ao estádio. Queremos que os adeptos estejam com a equipa, com o clube, e esse será sempre um dos nossos objetivos”, vinca, apontando ainda a intenção de “valorizar os jogadores e o jogo pela nossa maneira de trabalhar, sempre com o intuito de ganhar”.

O passado como jogador e o início de carreira como treinador conferem-lhe a capacidade de “compreender aquilo que os jogadores gostam e procuram”, bem como a certeza da necessidade de “um trabalho com extremo rigor e exigência para trazer o melhor rendimento dos jogadores, cultivando sempre um espírito coletivo, uma dinâmica positiva e bom ambiente no trabalho diário, para que possamos ser o grupo forte que queremos ser e podermos conciliar tudo isso com vitórias”.

“Será sempre essa a nossa forma de trabalhar, com seriedade, competência, rigor e extrema exigência, para podermos cultivar uma cultura de vitórias que se enquadra com a AD Sanjoanense”, atesta.

Neste primeiro contacto com os adeptos da AD Sanjoanense, o mister não se esquiva a uma mensagem direta: “Venham ao estádio, estejam connosco, venham apoiar a equipa e acreditem no projeto do clube”.

“Todos juntos seremos sempre muito mais fortes. A AD Sanjoanense é um clube fervoroso, com adeptos apaixonadíssimos por futebol, e nós queremos que todos estejam connosco e que a equipa entre em campo com essa força. Dentro de campo faremos tudo para corresponder da melhor forma e para orgulhar todos os adeptos da AD Sanjoanense”, conclui.