Comunicado

  • Na sequência dos acontecimentos do jogo de ontem frente à A Juventude Viana, no Pavilhão José Natário, a direção da secção de Hóquei em Patins da AD Sanjoanense vem por este meio comunicar que:
  1. A AD Sanjoanense condena, repudia e distancia-se de todo e qualquer tipo de violência, seja ela em contexto desportivo ou não.
  2. A forma como fomos recebidos no pavilhão por parte da direção da Juventude Viana merece o nosso agradecimento, tendo inclusive o seu presidente facilitado o acesso à zona da tribuna a uma adepta sanjoanense com duas crianças pequenas.
  3. Ao longo da semana que antecedeu o jogo, as direções dos dois clubes mantiveram o contacto no sentido de dar conta do número de adeptos sanjoanenses que estariam presentes no jogo – tendo a AD Sanjoanense comunicado publicamente a lotação completa de 2 autocarros com mais de 24 horas de antecedência. Para além disso, foi dado conhecimento à PSP de Viana do Castelo relativamente ao número de adeptos da Sanjoanense previstos para o jogo.
  4. Até ao momento da sua interrupção, o jogo entre os dois primeiros classificados do Campeonato Nacional da II Divisão estava a ser um grande espetáculo de Hóquei em Patins com 3 grandes equipas dentro de ringue, com o resultado a ser de 0-2 para a AD Sanjoanense a 22:47 minutos do final do jogo.
  5. Face à situação e tendo em conta a informação que era pública e estava ao alcance de todos os envolvidos, o dispositivo de segurança destacado para o jogo considerou não estarem reunidas as condições suficientes para que o jogo fosse retomado – tendo a equipa de arbitragem dado o jogo como terminado.
  6. A AD Sanjoanense, na condição de clube visitante, é alheia à falta de condições de segurança, tendo cumprido com a obrigação moral de informar atempadamente os responsáveis da Juventude Viana.
  7. Em todos os momentos procuramos vencer o jogo no ringue. No entanto, aceitamos e compreendemos a decisão das forças policiais, segurança e arbitragem de interromper a partida.