Tudo em aberto para última jornada

Estádio Conde Dias Garcia

AD Sanjoanense 0 x Lank Vilaverdense 0

Árbitro: Rui Soares – AF Santarém

Sanjoanense: Pedro Mateus, Kiko, Edgar Almeida (c), Aloísio, Danrlei, Aldair (Pedro 70), Jorge Pereira, Pedro Pinho (Mário Borges 80), João Silva (Ruben Alves 70), Joel Silva (Nuno Barbosa 55), Maranhão (João Ricardo 80).

Treinador – António Barbosa

Vilaverdense: Ivo, Carlos Freitas, Laércio (Joyce 14), João Batista, Maviram (Armando 80), Yannick Semedo, Ericson, André Soares, Hélder Pedro (Bruno Silva 74), Edmilson (Zé Pedro 74), Cipenga.

Treinador – Ricardo Silva

Sanjoanense e Lank Vilaverdense deixaram tudo em aberto para a última jornada da fase de subida. As duas equipas entraram em campo sabendo da derrota do Belenenses diante o Amora, que deixou tudo em aberto na luta pelo primeiro lugar.

A Sanjoanense entrou na partida mais perigosa, logo aos 2 minutos, Joel Silva recuperou uma bola à entrada da área, mas na hora do remate Laércio antecipou-se com um corte decisivo. As duas equipas iam criando oportunidades de golo, e Maranhão teve nos pés a melhor ocasião de golo da primeira parte. Um remate à entrada da área obrigou Ivo a uma grande defesa. O Vilaverdense na resposta por intermédio de André Soares enviou a bola à barra. O intervalo chegava, uma primeira parte bem disputada, só faltou os golos.

No regresso dos balneários, o Vilaverdense enviou mais uma bola ao poste desta vez por Maviram. O treinador da Sanjoanense refrescou o ataque com a entrada de Nuno Barbosa. Á passagem dos 60 minutos, Kiko com uma boa iniciativa individual, serviu João Silva, este com um potente remate em arco fora da área obrigou novamente Ivo a uma excelente defesa.

Com o passar do tempo, as oportunidades de golo foram escasseando, o Vilaverdense abusou um pouco do anti jogo, visto que o empate beneficiava mais a equipa visitante. Até ao final do jogo ainda houve tempo para mais uma bola ao poste de André Soares, e no tempo de compensação, Danrlei, de cabeça, na sequência de um pontapé de cantou enviou a bola a rasar o poste. Assistiu-se a um bom jogo de futebol, onde faltaram os golos. O guarda redes, Ivo, e os postes foram os grandes responsáveis pelo o nulo.

Com este resultado a Sanjoanense deixou de depender de si para subir à Liga 2. A Sanjoanense garante o primeiro lugar se vencer em Belém por três ou mais golos de diferença e esperar que o Vilaverdense não ganhe.

No próximo sábado às 15h30, a Sanjoanense defronta o Belenenses no estádio do Restelo.

António Barbosa “Fizemos um jogo competente e competitivo. Os jogadores foram guerreiros na procura da vitória.”

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense51046
Marinhense63039
Beira-Mar54019
Casino Ginásio550010
Académico Porto53027
Clube 5 Basket650111
Guifões53028
Juvemaia60066
Olivais51046