Sanjoanense continua na luta pela subida

Estádio da Medideira – Amora

Amora FC 1 x AD Sanjoanense 2

Árbitro: João Casegas – AF Viseu

Amora: Luís Ribeiro, Joel, Gui (Vitinha 78), Gjini, Tiago Duque (David 78), João Lucas, Caleb (Cesar 57), Diogo Martins, Nuno Pereira (André Vieira 57), Lessinho (Paulo Marcelo 57), João Oliveira.

Treinador – João Pereira

Sanjoanense: Pedro Mateus, Aldair (Pedro Araújo 46), Edgar Almeida (c), Aloísio, Danrlei, Kiko, Jorge Pereira (Mário Borges 92), Pedro Pinho, João Silva (Ruben Alves 86), Maranhão (Brazion 73), Joel Silva (Nuno Barbosa 86).

Treinador – António Barbosa

Golos: Joel Silva (22), Edgar (56 p.b.) Pedro Pinho (64).

A Sanjoanense regressou às vitórias na deslocação a Amora, um jogo em que só a vitória interessava aos alvinegros para continuar na luta pela subida divisão. O Amora entrou melhor na partida, Caleb teve nos pés a melhor ocasião de golo mas Pedro Mateus opôs-se bem. Maranhão na resposta aproveitou uma desatenção da defesa, mas o remate saiu ao lado.

Na segunda tentativa a Sanjoanense inaugurou o marcador. Joel Silva, isolado, correu o meio-campo todo do Amora, frente ao guarda-redes só teve de escolher o lado para fazer o 0-1. A Sanjoanense estava bem no jogo, impondo o seu futebol, criando várias oportunidades de golo. Antes do intervalo Maranhão, isolado foi derrubado à entrada da área mas o árbitro nada assinalou. Um lance que deixou muitas duvidas nos homens de São João da Madeira.

Na segunda parte, o Amora como era de esperar entrou forte no jogo e chegou ao empate. Edgar Almeida, tentou cortar a bola de cabeça mas acabou por fazer auto-golo. À Sanjoanense só a vitória interessava, os alvinegros foram à procura do golo, e Pedro Pinho com um remate forte e colocado à entrada da área, fez um excelente golo, colocando novamente a Sanjoanense em vantagem.

O Amora sentiu o golo, não conseguindo criar mais perigo junto da baliza de Pedro Mateus. Perto do final do jogo Brazion, foi derrubado na área, grande penalidade a favor da Sanjoanense. Luís Ribeiro com uma excelente defesa evitou que Nuno Barbosa fizesse o terceiro golo.

Com este resultado a Sanjoanense mantém-se na luta pela subida, ao contrário do Amora que já não tem hipóteses de subir. No próximo domingo, às 18 horas, a Sanjoanense recebe o Lank Vilaverdense.

Declarações de António Barbosa, “Os nosso jogadores fizeram um jogo com elevado rigor tático e estratégico, mas foi a determinação e qualidade individual que nos levou a vencer o jogo.”

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense51046
Marinhense63039
Beira-Mar54019
Casino Ginásio550010
Académico Porto53027
Clube 5 Basket650111
Guifões53028
Juvemaia60066
Olivais51046