Regresso às vitórias em Infante Sagres

Resultado Final

Infante Sagres 3 x Sanjoanense 6

Pavilhão do Infante de Sagres


Árbitros: Pedro Miguel Sousa e Jorge Machado (AP Porto)


ADS: Nuno Magalhães, João Ramalho, Duarte Terra, José Almeida e Hugo Santos
Suplentes: André Couto, João Cruz, Alexandre Barreira, Tiago Almeida e Luís Filipe


Treinador: Tiago Sousa

Marcadores: Zé Almeida (2x), Hugo Santos, Duarte Terra, Luís Filipe e Tiago Almeida.

A Sanjoanense foi à freguesia portuense de Lordelo do Ouro vencer o Infante de Sagres, por 6-3, num resultado que só pecou por (muito) escassos tamanhas que foram as imensas oportunidades desperdiçadas pelos alvinegros, que acabaram por sofrer desnecessariamente mas conseguiram, em todo o caso, regressar aos triunfos.
Na cidade Invicta, a ADS entrou a todo o gás e construiu, com naturalidade, dois golos assinados por José Almeida e Hugo Santos. No entanto, o Infante, num lance fortuito em que a bola bate em João Ramalho, é defendida, por instinto, por Nuno Magalhães – guarda-redes que voltou à competição, volvidos quatro jogos, após lesão – mas acaba por ir parar a um jogador do Infante que empurra para o 1-2. A ADS não acusou o tento e continuou a criar várias e variadas ocasiões para marcar, tendo-o conseguido por Luís Filipe. Todavia, José Almeida veria um cartão azul (discutível, pelo critério desigual da dupla de arbitragem) que o Infante converteria no 2-3. Até ao intervalo, a Sanjoanense continuou a carregar, viu o guardião contrário fazer uma exibição soberba, acertou bolas nos ferros e chegou, até, a ver José Almeida tirar, inadvertidamente, um golo a João Ramalho em cima da linha.
Na segunda parte, o Infante empatou, de grande penalidade e os homens de Tiago Sousa, que vinham de duas derrotas, uma para o campeonato e outra na Taça de Portugal, acusaram alguma ansiedade, especialmente porque a bola custava a entrar. Depois de muito tentar, José Almeida fez o 3-4 e Duarte Terra, em lance individual, assinou o 3-5. Respiraram de alívio o emblema da capital do Calçado que, com normalidade, viria a fazer o sexto, por Tiago Almeida. Três pontos inteiramente justos para uma equipa que teve bastante caudal ofensivo, mas foi pouco eficaz. Segue-se, na próxima jornada, o jogo mais aguardado do campeonato para fechar a primeira volta.
A ADS vai receber o Juventude Pacense, que lidera a prova com mais quatro pontos que os alvinegros. A partida está marcada para as 18h00, no Caldeirão.

ClubeJVEDP
Valongo B1132611
CA Feira1240812
C D Povoa1154219
Escola Livre1211104
F C Porto B1260618
AA Espinho1233612
AC Coimbra1262420
AD Sanjoanense1291228
H A Cambra1281325
Termas OC1211104
USC Paredes1253418
Infante Sagres1232711
Juventude Pacense12102032
CH Carvalhos1280424