Duelo de candidatos termina empatado

Estádio Conde Dias Garcia

Sanjoanense 1 x Vilaverdense 1

Árbitro: Marco Cruz – AF Porto

Sanjoanense: Pedro Mateus, Pedro Araújo (Aldair 77), Danrlei (c), Aloísio, Kiko Pereira, Jorge Pereira, Rúben Alves, Mário Borges ( David Rebelo 77), João Ricardo (Elijah 77), Joel Silva, João Silva (Marcos Brazion 58), (Nuno Barbosa 86).

Treinador – António Barbosa

Vilaverdense: Ivo, Miguel Pereira (Carlos 92), Joyce, João Batista, Armando, André Soares (Wiliam 92), Rúben Marques (Tembeng 85), Yannick Semedo, Bruno Silva (Zé Pedro 72), Edmilson (Zé Domingos 72), Brian Cipenga.

Treinador – Ricardo Silva

Golos: Ruben Marques (8), João Ricardo (36).

Com uma boa moldura humana no Conde Dias Garcia, num duelo entre candidatos à fase de promoção, Sanjoanense e Vilaverdense lutaram pelos três pontos, que cairiam bem para qualquer lado, mas acabaram mesmo a empatar a uma bola, mantendo a distância entre si na classificação.

O treinador da Sanjoanense sem poder contar com o castigado, Pedro Pinho, deu a titularidade a Mário Borges, herói da jornada anterior na Povoa de Varzim. A Sanjoanense sabia que não podia perder pontos para não deixar fugir o Vilaverdense na classificação.

O Vilaverdense entrou com tudo no jogo, e aos oito minutos adiantou-se no marcador. Edmilson, numa disputa, ganhou a bola, serviu Rúben Marques à entrada da área e este rematou para um golo de belo efeito.

A Sanjoanense reagiu bem ao golo sofrido e foi atrás do prejuízo, João Ricardo, ganhou no corpo dentro da área e rematou, em boa posição, mas viu um defesa antecipar-se.

João Ricardo estreou-se a marcar pela Sanjoanense.

As duas equipas iam praticando bom futebol, criando oportunidades de golo. A Sanjoanense acabou por chegar ao empate aos 30 minutos de jogo, com João Ricardo, de cabeça, a dar o melhor seguimento a um grande cruzamento milimétrico de Pedro Araújo na direita. O intervalo chegou com uma boa 1ª parte, com as duas equipas à procura do golo, com muita intensidade.

Na segunda parte notou-se o receio de perder de ambas as equipas, o jogo passou a ser bem mais combativo no meio campo, com muitas percas de bola. O Vilaverdense ia tendo mais domínio e posse de bola.

A Sanjoanense com o passar do tempo foi equilibrando a partida. Aos 75 minutos, Mário Borges com uma arrancada na esquerda, serviu Joel Silva, e este já dentro da área rematou em arco, mas passou a rasar o poste.

Perto do final da partida, destaque para a estreia de Aldair, reforço de inverno da Sanjoanense, com as suas habituais arrancadas na ala, ia criando perigo junto da baliza adversária. No ultimo minuto Jorge Pereira, cruzou para área, mas Elijah não conseguiu o cabeceamento.

Empate a uma bola, um resultado que se ajusta, mantendo as duas equipas na luta pela promoção à 2ª fase. Com os resultados desta jornada a Sanjoanense aumentou para 4 pontos a diferença do 5º classificado. No próximo sábado, às 15 horas, a Sanjoanense desloca-se a Canelas.

António Barbosa “Foi um jogo, equilibrado onde fomos consistentes e concentrados nas nossas tarefas. É de realçar o forte, empenho e trabalho dos nosso jogadores.”

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense51046
Marinhense63039
Beira-Mar54019
Casino Ginásio550010
Académico Porto53027
Clube 5 Basket650111
Guifões53028
Juvemaia60066
Olivais51046