Sanjoanense perdulária na finalização

Estádio Conde Dias Garcia

AD Sanjoanense 1 x Anadia FC 1

Árbitro: Pedro Ferreira – AF Braga

Sanjoanense: Pedro Mateus, Murillo Lima, Edgar Almeida (c), Guilherme, Kiko, Jorge Pereira, Pedro Pinho (David Rebelo 75), Ruben Alves (Elijah 63), Rui Pedro, Joel Silva (Nuno Barbosa 40) e Marcos Brazion (Meek 75).

Treinador – Tiago Moutinho

Anadia: José Costa, João Nogueira, André Santos, Simão Fernandes, Timo, Edu Pinheiro, Filipe Marques, Diogo Silva (Zé Gata 66), Dinho (Nuno Martins 90), Fausto Lourenço e Papelele (Davou 71).

Treinador – Rui Borges

Golos: Fausto Lourenço (45) e Nikolas Meek (87).

No último jogo da primeira volta da Liga 3 , a Sanjoanense empatou, 1-1, com o Anadia. A Sanjoanense vinha de um empate na ultima jornada, queria regressar às vitórias e teve no ataque o regressado Rui Pedro após lesão.

A Sanjoanense entrou bem no jogo, e aos 2 minutos, o lateral esquerdo Kiko, com um potente remate fora da área deu o primeiro aviso. Aos 10 minutos, Joel Silva, podia ter feito o golo, com um remate cruzado que o guarda-redes opôs-se bem. O Anadia equilibrou a partida, mas sem criar nenhum lance de perigo na baliza de Pedro Mateus.

Aos 40 minutos, o treinador Tiago Moutinho, viu-se obrigado a fazer a primeira alteração, substituindo Rui Pedro, que sentiu uma dor que o impediu de continuar a dar o seu contributo, entrando para o seu lugar Nuno Barbosa.

O Anadia antes do intervalo, no primeiro remate à baliza da Sanjoanense fez o golo, por intermedio de Fausto Lourenço. O intervalo chegou com o Anadia em vantagem.

O intervalo, fez bem aos homens de Tiago Moutinho, que entraram com outra disposição na partida, e logo no primeiro minuto, Nuno Barbosa, sozinho na área enviou a bola por cima da barra. A Sanjoanense dominava praticamente o segundo tempo inteiro, mas continuava muito perdulária na finalização. Pedro Pinho, numa iniciativa individual dentro da área, obrigou José Costa a defesa apertada.

O Anadia em contra ataque podia ter aumentado a vantagem, mas Pedro Mateus com uma excelente defesa evitou o segundo golo aos forasteiros.

Aos 87 minutos, Nicolas Meek que havia entrado na partida, encheu o pé e repôs a igualdade, 1-1, um remate fora da área sem hipóteses de defesa para José Costa. Colocando justiça no marcador, pelas inúmeras oportunidades desperdiçadas pelos alvinegros. Até ao final, nenhum dos conjuntos conseguiu voltar a encontrar o caminho para a baliza e o resultado acabou mesmo por ser o empate.

A Sanjoanense perdeu mais uma oportunidade para se colar aos primeiros lugares da classificação, mantendo-se no 4º lugar, que dá acesso à fase de subida.

A competição vai parar uma semana regressando no dia 17 dezembro às 11 horas, com a receção ao Felgueiras, primeiro jogo da segunda volta.

Declarações Tiago Moutinho “Resultado injusto. Tivemos mais oportunidades para fazer golo que o adversário. Continuar a trabalhar para voltarmos às vitórias.”

ClubeJVEDP
AD Sanjoanense51046
Marinhense63039
Beira-Mar54019
Casino Ginásio550010
Académico Porto53027
Clube 5 Basket650111
Guifões53028
Juvemaia60066
Olivais51046